Decerto todos os webmasters já ouviram falar desta palavra. Joomla é um CMS (Content management system) gratuito, desenvolvido em PHP, Permite acima de tudo se criar um site de forma fácil e rápida.

Em pleno século XXI, não faz sentido muita das vezes termos que reinventar a roda especialmente  se praticamente só necessitamos de criar um simples site institucional.

O joomla tem a grande vantagem de ser fácil de usar. Na pratica basta instalar o mesmo no nosso servidor linux(copiando os ficheiros por ftp, ou caso o nosso alojamento tenha instalador de scripts ainda mais fácil é) e em poucos minutos ficamos com acesso ao painel de gestão de todo o site. Aqui podemos criar as varias categorias das nossas paginas, os vários artigos que serão as nossas paginas de texto, criar menus que apontam para esses artigos ou instalar componentes, que permite aumentar ainda o leque de funcionalidades.

Para melhorar o aspecto gráfico existem centenas de sites com templates, uns grátis e outros pagos.

Eu já trabalho com joomla desde as versões inicias, onde a versão 1.5 teve um grande êxito, versão essa para o qual actualmente já não existe suporte, nem faz sentido utilizar dado já ter surgido a versão 2.5 que foi um grande passo depois da 1.5 e mais recentemente a versão 3.1 que promete melhorar ainda mais a criação e gestão do nosso site.

O grande problema do lançamento destas versões, surge com a migração. Migrar um site da 1.5 para a 2.5 pode tornar-se uma grande dor de cabeça, pois tem que se usar ferramentas externas e coisas como componentes e templates da versão 1.5 não são compatíveis com a 2.5 ou a 3.1.

Já migrar da versão 2.5 para a 3.1 é muito mais fácil e simples.

Componentes para joomla temos de todos os tipos, desde lojas online, agendas, sistema de suporte por tickets, blogs, foruns, uma grande diversidade de opções mesmo.

No entanto nem tudo são rosas e tal como o wordpress ou qualquer sistema deste género de código aberto temos o grave problema de falhas de segurança. Já tive um site de um cliente com injecção de código nas paginas, falha essa de segurança que depois a joomla corrigiu, mas que afectou milhares de sites. Obriga assim a um cuidado mais reforçado e acima de tudo temos que manter o joomla e todos os componentes que usamos actualizados. Irei no entanto em breve criar um artigo sobre segurança em joomla deixando algumas dicas e sugestões para evitarem ao máximo ficarem com o vosso site danificado.

Com o Joomla não temos as limitações que existem em “sites na hora como a WIX“, sendo que temos a vantagem de em pouco tempo termos um site online, sem precisarmos de saber uma linha de código.

Deixo os links úteis:

Joomla: http://www.joomla.org/

Demo Funcional: http://demo.joomla.org/

Componentes Joomla: http://extensions.joomla.org/extensions/

Por hoje é tudo!

Quer ganhar dinheiro? Subscreva o Lucrar Com Blog

(Visited 16 times, 1 visits today)